Objetivos

 O LABIMHA, constituído em 1992, objetiva articular a pesquisa histórica de um conjunto de temas vinculados, que são: a história ambiental, a imigração de populações de origem não-ibérica e a migração interna e subsequente de descendentes daqueles imigrantes. Objetiva também estimular o debate acadêmico das pesquisa de seus integrantes, em vários níveis de formação, reunidos periodicamente no espaço específico do Laboratório e nos eventos científicos pertinentes.

    Teórica e metodologicamente, o LABIMHA concebe a História Ambiental como o estudo das transformações da paisagem e do ambiente, realizadas por diferentes grupos sociais em interação entre si e com o ambiente do qual são parte, bem como as compreensões e discursos socioculturais elaborados sobre a natureza e a sociedade. O diálogo com outras ciências, áreas e campos dos estudos ambientais se apresenta, nesta abordagem da história, como uma exigência.

    Nos estudos sobre imigração, os pesquisadores do LABIMHA visam conhecer a historiografia que trata das políticas migratórias na Europa e no Brasil, discutir as interpretações das recriações culturais dos imigrantes quando do seu estabelecimento em território brasileiro, inclusive os processos de reconstrução de suas identidades.

    A história das migrações internas de populações humanas é investigada como um objeto a parte, mas em conexão com os demais temas eleitos pelo Laboratório, na qual se pretende entender e explicar como se configuraram a vida material e as relações socioculturais dos grupos compostos pelos descendentes dos imigrantes vindos em períodos anteriores.